Fatos sociais no ônibus

Mais um dia!
Hoje perdi o ônibus, e já sabia que eu teria que tomar o ônibus mais tarde, iria estar lotado, no entanto, hoje estava mais lotado!
Bem, um bilhão de pessoas no meu ônibus, nisso pode ver de tudo: Pastores, vendedores, fazendeiros, empregadas doméstica(em peso), manos, roqueiros, meninas bonitas(gostosas), véias taradas, gordas taradas e tiozinhos contando sobre a infância. E eu, um estranho geek pensando na estratégia de Age que eu ia fazer ou no meu nokia n800 que eu comprei mas ainda não chegou, nos problemas que irei ter na empresa, como estou na faculdade, tudo isso multiplexado e endereçado a uma frequência de no mínimo 10 hertz. Enfim.. nesse mundo vc encontra de tudo!
O fato novo que me motivou hoje foi a crítica que estava no ônibus, vejam como ela manja muito de problemas sociais.
Descrevendo a moça: era uma baixinha, morena com uma cara de bunda, mas ao mesmo tempo irritada: Bunda, irritada, bunda, irritada – assim.
Ao entrar no busão ela já tava berrando: “Boraaaaaaaaaaaa moto, minha chefe vai descontar meu salário c eu chegar atrasada, boraaaaaaaaaaaaa”. Perceba uma crítica ao capitalismo, pelo dura e rígida jornada imposta por míseros reais, isso realmente é inaceitável!
Depois um cara passou e chutou uma mulher que gritou: “Nossa, que homem sem educação”. Nesse ponto, a nossa estrela social começou a dizer em voz alta: “Que po**a, cara*o, esses po** sem educação, tem q dexar o pé preles cair”, no momento vi que ela tinha posto em evidência uma fato! As pessoas, na correria do dia a dia, não se importam com os outros, simplesmente alcançar seus objetivos, o homem passou chutando pra mulher sair da frente, mas ela não queria se esforçar para que o homem fosse, então, cada um pensa no seu lado. Quando nossa estrela grita para a mulher “tacá” o pé pro homem não passar, denota uma ação de individualismo, de vingança… O culpado disso não são as pessoas, mas a vida que temos.
Em seguida, o sossego imperou por um bom tempo, 3 minutos, daí uma outra mulher, começou a comentar com a nossa observada sobre a grande novela das 8, que passa as 9, sobre a “lindesa da índia”, e foi impressionante nesse ponto foi a unamidade feminina no gosto pela novela. Elas discutiram alguns pontos culturais da índia relacionados ao capítulo de ontem, creio eu, e resolveram arriscar uma opinião sobre, por sinal uma opinião bem aceita e válida…
A última participação de nossa grande protagonista até aqui é na descida de uma família, uma mulher que viajava em plena manhão com cerca de 5 filhos, isso, ônibus lotado, pessoal estressado e uma infeliz com 5 demoninhos no busão, até tiveram que descer pela porta da frente, pela renca de ranhentinhos ^^(tbm sou!!). Quando a mulher desceu, a nossa amiga cara de bunda/irritada comentou sobre as figuras que desceram:
“Oia quanto fio, como a muié aguentou, oia o tamanho da muié tbm, tah respondido”… Viram? PErceberam? Dois grandes problemas descritas na espetacular frase ai em cima: O problema de controle populacional e a obesidade!

Bem, Enfim, Finalmente…

Depois tive que andar mais pro fundo do ônibus por que tava vindo um para passar para o fundo e eu não queria ser “cochado”, então andei até o fundo do busão já não tão vazio. Nessa andada, passei com minha bolsa cheia de livros e ouvi um monte de xingos, meu, tem um monte de gente passando com a maior maldade e eu ainda peço com licença para passar, e eu sou recebo xingos… vsf.. Uma menina olhou para mim como se eu tivesse passado aproveitando dela, cara, foi meu celular… não foi eu!
No fundo, um tiozinho, super descolado, com um MP(X) muito louco começou a contribuir para o agrado do ambiente com a porra do MP(X). Colocou um forró do norte, sei lá que merda que era aquela, depois uma música rídicula de amor que tá fazendo sucesso ae… bem, pra piorar minha amigas gordinhas necessitadas começaram a cantar junto com a música.. ¬¬, saudades do meu celular, que foi roubado, pra mim fazer uma disputa com o meu Death Capeta Devil Hell Satan Metal, e assustar todo o povo, Afinal direitos iguais neh😉
Bem, deixa eu parar de escrever nessa merda aqui, to cheio de coisa pra fazer e se eu ficar muito tempo o proxy bloqueia o WordPress também….
Daki a poco posto algum códiculo ae…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: