Este ano foi o ano do Scala, ano que vem será de JavaFX?

Este ano falou-se até não querer mais de Scala, agora tá um pouco mais quieto, mas uns meses atrás era todo mundo postando sobre a linguagem funcional…

O Celso fez um brilhante post realista sobre a linguagem, que, quererendo ou não, é boa.

Um amigo meu, que mora próximo a Rússia, disse estar migrando todo seu sistema de Java para Scala… É verdade que com a experiência de algumas linguagens que passaram é possível construir novas linguagens, mais robustas e inteligentes na hora de programar. Java mesmo é um exemplo, veio com tudo que C++ não tinha quanto a orientação a objetos. Por outro lado, a simplicidade pode nos afundar em código sem manutenção, pelo mal uso da mesma.

Eu, particularmente, resolvi não me aprofundar em Scala, ainda, só li algumas coisas, sem muito compromisso. Mas estou preparado para qualquer mudança, não sou de chorar por coisas que já se foram.

JavaFX teve um ano de ouro! Passou a ser mais conhecido, a comunidade cresceu. Me lembro quando fiz o HelloWorld usando a extinta classe, o Frame. Mas não recebeu a devida atenção! Me perdoe a comunidade, que mostrou-se cética quanto ao crescimento e o poder de JavaFX, mas foi uma atitude desprezível.

É claro que JavaFX tem seus problemas, inclusive eu mesmo já reportei bugs, mas só vai crescer se ajudarmos, ninguém anda sozinho, quando Free. Um exemplo disso foi eu ter presenciado em fórum de Java, alguns profissionais estando desmerecendo JavaFX, mostrando-se desconhecedores da tecnologia e defendo a dupla Flex+Java. Isso não pode acontecer! Se você não quer ajudar, não atrapalhe! JavaFX é maravilhoso(sem viadagens :P). Já reclamou por falta de “programabilidade” de uma linguagem? De ter que dar um volta pra conseguir uma coisinha? JavaFX tem recursos e um biblioteca que te deixa de boca aberta nesse quesito.

Não vou citar, quem quiser saber mais, olhe uns códigos no JavaFree. Para quem não sabe o que aconteceu com JavaFX, uma notícia no JavaFree mostrou os pontos importantes da evolução do bichinho. Depois dessa notícia mais coisa aconteceram: Parceria da Sun com Empresa de Televisão Digital para portar JavaFX, lançamento da versão 1.2.1, corrigindo uns bugzinhos. Creio que JavaFX foi injustiçado, e acho que JavaFX só mantém problemas quanto a performance, que na versão 2.0 não existirá mais, isso comparado a Flash. Java está em mais máquina que o Silverlight, e está atrás do Flash(Flash 99%, Java 81%), mas podemos dizer que um mercado de 81% de clientes em toda a WEB é para se arriscar, ou não? Senhores, o que mais desanima uma empresa a adquirir uma tecnologia/solução para seus cliente? Tenham certeza que uma delas é a curva de aprendizado que seus analistas e programadores sofrem para aprender tal tecnologia.m Em JavaFX essa curva é pequena, JavaFX é fácil e a leitura do código exige mais conhecimento de inglês do que de programação em sí.

Tente você aprender JavaFX agora, isso é um desafio!

Se não conseguir, tente dizer a causa, creio que será alguma desatenção ou algo parecido, pois JavaFX é muito fácil!

Muitos, na faculdadem serviço, internet, perguntam porque defendo a tecnologia ou se sou algo da Sun. Não, simplesmente gosto de programar em JavaFX e quero difundir essa tecnologia!

<h2Este ano foi o ano de Scala, tomara que o ano que vem seja de JavaFX!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: