E o JavaFX chega na televisão na versão 1.3 – Desenvolvendo para televisão digital

O JavaFX foi uma tecnologia que nasceu “dando tiro para todo lado”. Com a possibilidade de rodar sobre a máquina virtual do Java, a plataforma RIA da extinta Sun Microsystems deixou um pouco a desejar nas primeiras versões. Com o passar do tempo a tecnologia foi se endireitando, ganhando espaço em alguns mercados restritos.

É claro que não encontramos em todo celular a possibilidade de execução de aplicativos JavaFX, nem a performance dos applets superam o Flash player atualmente, no entanto, os avanços na plataforma são únicos, ou seja, a evolução é uniforme. Em outras palavras um passo de tartaruga para um perfil(mobile, TV…) significa um salto no contexto geral.

Hoje tivemos o lançamento da versão 1.3!

E nessa nova versão, que balançou o Twitter hoje, JavaFX chega nos aparelhos de TV. Pegando carona no lançamento, Stephen Chin anunciou que o novo encontro da comunidade JavaFX terá uma apresentação sobre JavaFX TV.

O que aplicações na televisão podem oferecer?

A televisão é mais do que um meio de comunicação útil, é também cultural. Tive o prazer de trabalhar com José Teles Maciel e ser orientado por Giulliano Bertoti em um trabalho acadêmico que foi aprovado. Nele, abordamos a então não conhecida tecnologia NCL com a linguagem de script NCLua em um protótipo de aplicação que permitia a inscrição para o vestibular da FATEC através da televisão. Neste mesmo trabalho tive a oportunidade de conhecer a comunidade brasileira do NCLua, até então pequena, que hoje já tem até livros publicados. Me lembro que tínhamos poucos tutoriais e escassez de informação.

Nesse trabalho notamos que aplicações para televisão digital vão além de simples seletores de filmes, como podemos pensar, e oferecem um mundo completamente novo para desenvolvimento. Pense em impacto mais especifico da televisão invés de programas nacionais. Por exemplo, uma aplicação poderia exibir anúncios locais, oferecer serviços relacionados ao seu bairro, sua localização.

Aplicativos educacionais, maior interação(o Sílvio Santos vai amar quando a TV digital interativa pegar de vez) e resultados instantâneos de pesquisas com grande massa de dados serão possíveis.

JavaFX na televisão

Neste cenário promissor entra JavaFX. As recomendações J.200 e J.202(livre de Royalites), coincidentemente hoje, foram aprovadas pela União Internacional de Telecomunicações. O padrão J 202 é a parte do middleware Ginga que suporta Java(fonte), o que é um grande passo para que JavaFX adentre o mundo afora através das televisões, pois onde tem Java tem JRE e a possibilidade de ser estendida para execução de aplicações em JavaFX.

Espero o sucesso para Java e JavaFX na TV digital.

2 Respostas

  1. […] E o JavaFX chega na televisão na versão 1.3 – Desenvolvendo para televisão digital Agosto 15th, 2010 | Tecnologia […]

  2. Visitarei o blog mais veses….me intereço que java fx fassa parte do padrao brasileiro.
    .e tambem….dos padroes dos dispositivos moveis…..apesar que poucos dispositivos moveis suportarem a grande jfx ….é cedo ainda jfx é uma crianda pequenina…que pocivelmente pelo que vejo quando chegarmos na versao 3.0 vamos ter uma grande noçao do que poderemos criar com essa linda linguagem

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: