Meus projetos sobre dados abertos em 2015

Esse ano foi uma loucura! Em abril eu tive a assustadora notícia de que vou ser pai. Sim, sou pai! Isso mudou muito os planos, mas é fato que nunca estive tão feliz com a vida em modo geral e também nunca me senti tão responsável!

Mesmo com toda a correria, eu não pude parar, pois agora mais do que nunca nosso ativismo do dia a dia e a necessidade vital de compartilhar conhecimento são importantes. São uma gota d’água em um oceano, mas que irão fazer o mundo um pouquinho melhor para o Antônio (nome do meu filho).

Sendo assim, não parei com os projetos – fiz postagens modestas nos blogs Aprendendo JavaFX, Aprendendo Java EE, Aprendendo JBoss e finalmente o FXApps. Também dei uma turbinada na página do facebook do Aprendendo Java(aproveite e deixe aquele curtir na página).

Mas o que mais me ocupou esse ano foram projetos de Dados Abertos. Claro que o ano ainda não acabou tenho muita coisa para fazer até o fim do ano (entre um choro e outro do Antônio, vou escrevendo minhas postagens e programando 🙂 ). Como ia dizendo, os projetos de dados abertos que participei ou auxiliei são parte de um projeto maior, o Dados Abertos SJC. Alguns projetos foram pequenos, mas há o Repasse, que já falo sobre, que realmente está me trazendo bastante trabalho do bom, daqueles que a gente sabe que estamos plantando sementes para colher bons frutos no futuro. Alguns projetos mais completos que trabalhei esse ano:

Estatísticas de uso das ciclovias de São Paulo

O que é: Um site com dados estatísticos de uso da ciclovia Faria Lima de São Paulo.

URL: http://estatisticas-cicloviassp.rhcloud.com/  (pode estar fora do ar)

Código: https://github.com/transparenciasjc/cicloviassp

Mais informações: http://aprendendo-javaee.blogspot.com.br/2015/07/interagindo-com-repositorios-usando.html

cicloviassp.png

Segurança SJC

O que é: Gráficos sobre ocorrências policias em São José dos Campos

URL:  http://seguranca-saojose.rhcloud.com/ (pode estar fora do ar)

Código: https://github.com/transparenciasjc/seguranca-sjc

segurancasjc

Repasse

O que é: O grande projeto Repasse que pode ser utilizado para visualizar os dados de transferências do governo federal para municípios e permite a análise conjunta com outros dados do município, como população e IDH. Tivemos bastante atenção da mídia nesse projeto, saindo em pequenas transmissoras locais e sendo exibido no Campus Party e ganhou um prêmio de empreendedorismo na UFABC.

URL: http://repasse.ufabc.edu.br/

Mais informações:  https://www.academia.edu/17856563/REPASSE_Brazilian_Government_Financial_Transfer_Analisys_Tool

repasse

Conclusão

Termino essa postagem com quase 4 meses de atraso, mas antes tarde do que nunca. Foram diversos projetos em 2015, muitos não mencionados aqui e espero que 2016 seja ainda melhor.

 

 

 

Candidato as a Service: Dados dos candidatos para as eleições disponíveis como serviços WEB

Está no ar a API que permite que você acesse dados dos candidatos das eleições desse ano programativamente.
O site do TSE é ótimo! Muito bom para seres humanos usarem e acessarem as informações, mas não para o seu programa (há não ser que você viva de Scrapping ou baixe os CSVs que eles disponibilizam). Como diriam Leonard Richardson e Sam Ruby:

You’ve built web sites that can be used by humans. But can you also build web sites that are usable by machines?

Com as ferramentas e APIs que temos hoje é fácil consumir um serviço, em qualquer linguagem, e o trabalho pode se resumir a algumas linhas de código.
Agora com os dados dos candidatos são imagináveis as oportunidades de aplicações que podem ser construídas. Infelizmente ela não foi terminada antes das eleições. Na verdade, começamos a trabalhar nela um pouco depois do segundo turno, mas a idéia, no caso das eleições, vai um pouco além de informações dos candidatos. Essa será a base para novos dados (processos, gastos nas eleições, etc) dos candidados, principalmente os eleitos. É claro que essas informações estão todas no site do TSE ou outros, mas distribuídas e não acessíveis pelo seu programa…

Espero continuar construindo serviços e tornar pelo menos um pouco real o que eu disse sobre dados públicos há uns meses atrás…

APIs de dados públicos – Desenvolvento utilidades

Introdução: APIs é tudo! Olhe as APIs do Programmable WEB para entender:

http://www.programmableweb.com/apis/directory

Motivação: O Twitter é em boa parte, um sucesso por causa da API. O Orkut ganhou mais popularidade após o OpenSocial (Vice “Buddy Poke” e “Fazendinha”[acho que é isso])…

Blás blás:
O fato é que as vezes serviços/dados públicos podem ser oferecidos através de APIs, ajudando na construção de aplicativos que podem ser úteis, isso mesmo, úteis(Como o famoso Mashup de Chicago, que mostra os dados do crime por lá em um mapa: http://www.chicagocrime.org/).

Chegamos ao ponto: Porque aqui no Brasil não temos tantas APIs de dados públicos como acontece em outros países( exemplo essa API do Canadá: http://www.programmableweb.com/api/canadas-economic-action-plan)? A informação do nosso país deve ser nossa na forma de APIs para nossas aplicações acessarem, é obrigação do governo disponibilizar formas de acesso aos dados. Exemplos?

  • requisições de uma determinada prefeitura: deveria ser lei cada prefeitura disponibilizar dados do município em forma de APIs(como andam os pedidos do povo, horários de ônibus etc), mas as vezes nem dados em HTML temos….
  • Eleições e históricos das: Mais do que obrigação! Onde iremos acessar esses dados? Como iremos tirar inteligência do histórico das eleições?
  • Brasil e planos: Poderíamos acessar os dados de como andam as coisas no país, os investimentos e tals…
  • Dados de deputados/pessoas públicas, uso de dinheiro público: ….
  • Funcionalidades: Tudo deveria ter um webservice também, no entanto, sei das complicações disso no quesito segurança e tals…

Você ainda deve estar se perguntando porque disso

Para que mais aplicações possam surgir a favor do povo e a favor de novos negócios. Um exemplo foi o Mashup que mapeia reclamações feitas por paulistanos a prefeitura.


Enfim, a idéia principal é eu poder fazer um Mashup que, por exemplo, Mostre as necessidades de cada pessoa no meu bairro em um mapa, ou, muitos exemplos seriam escritos aqui, pense o que você poderia fazer com dados públicos e comente.

Notas:

– É claro que um Screen Scraping resolve tudo, mas todos sabem os problemas com SC.

– O governo poderia escrever apps públicas? Errado! Não poderia, o povo sabe a necessidade e se alguém do povo(eu e você por exemplo) sabe desenvolver (ou nem precisa saber desenvolver com os recursos de hoje) e algumas coisas o governo/prefeitura não quer informar: Como as reclamações de enchente no meu bairro: Eu queria colocar em um “mapinha”, mas a prefeitura nunca faria algo público assim né, convenhamos!

– É claro que se envolve dinheiro a coisa anda mais rápida. Uma das formas de motivar a geração de uma API pública é mostrar que isso pode gerar renda para os desenvolvedores e eles “atormentarem” por ai para conseguirem APIs públicas.